Você tem vergonha de aparecer no vídeo?

3 FORMAS DE PRODUZIR VÍDEOS PARA O YOUTUBE (SEM APARECER NO VÍDEO)

Sabia que até mesmo quem tem vergonha das câmeras ou quem não tem uma boa câmera para gravar seus vídeos pode começar um canal no Youtube?

Confira 3 maneiras de atuar na plataforma e expandir o público do seu negócio através de vídeos.

1- Apresentação de slides

Muitos palestrantes fazem uso de slides para ilustrar ou dar destaque a um tópico, e a mesma lógica pode ser utilizada no Youtube.

Os Slides podem ser exibidos em um vídeo com narração, explicando o conteúdo desejado, e é por isso que há duas grandes vantagens de trabalhar com esse modelo:

  1. Você não precisa saber editar vídeos. Basta saber montar um slide e usar os efeitos do programa.
  2. Você nem mesmo é obrigado a fazer a narração. Caso queira, basta criar um roteiro, que será lido por outra pessoa.

Pessoalmente, indico que você use a própria voz para realizar a narração, pois isso passa uma maior credibilidade para o seu público.

Efeitos comuns, como as opções presentes no Power Point, podem e devem ser aplicados para aumentar a fluidez da sua apresentação, já que ao contrário de uma palestra presencial, as pessoas não estarão vendo o palestrante.

Este modelo funciona muito bem para vários negócios, principalmente para os que ensinamentos e informação, e seus vídeos são produzidos facilmente através da captura de tela da apresentação de slides.

Além disso, é uma das melhores opções para quem não quer aparecer nos vídeos.

2- Animações

A lógica da apresentação de animações é a mesma da apresentação de slides, com apenas um diferencial: a complexidade da edição de vídeo.

As animações geralmente são mais elaboradas e precisam que um profissional especializado esteja envolvido na produção.

Elas costumam ser mais bonitas que os slides e possuem menos limitações, pois o produtor do conteúdo tem total liberdade para escolher o design do que aparecerá no vídeo (caso ele esteja trabalhando com o profissional especializado).

Animações combinam bastante com campanhas de divulgação, vídeos de agradecimento, curiosidades, entre outros tipos de conteúdo, e normalmente variam entre 1 e 10 minutos.

3- Captura de tela

Além de ser usada para mostrar os slides, como citado no item 1, a captura de tela pode ser aplicada para mostrar outras coisas.

Um dos usos mais comuns é em vídeos do tipo tutorial.

Um design, por exemplo, poderia fazer uma captura de tela para ensinar como utilizar recursos específicos do Photoshop, assim como um editor de vídeo poderia fazer o mesmo para o Sony Vegas.

A captura de tela, então, é uma das melhores formas de ensinar o seu público a fazer algo sem precisar mostrar o seu rosto no vídeo.

Recapitulando

Você não precisa aparecer nos vídeos para produzir ótimos conteúdos para o seu público.

– Slides
– Animação
– Captura de tela

Todos esses recursos podem ser utilizados em conjunto com o áudio para passar uma mensagem para o seu público, seja ela um agradecimento, ensinamento ou informação.

Já tá na hora de começar a produzir os conteúdos para o Youtube, não é?

Compartilhe  com a gente nos comentários abaixo. 🙂

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *